Apresentação

Bem-vindo ao Programa de Pós-Graduação em Física (PPGFis) da Ufes

  • Estuda métodos e princípios fundamentais relativos à espectroscopia, estrutura e interações atômicas e moleculares. Seus temas básicos envolvem a estrutura eletrônica (átomos com um, dois elétrons, e muitos elétrons, modelo de Thomas Fermi, método de Hartree-Fock e o campo auto-consistente) e a estrutura molecular (separação de Born-Oppenheimer, rotação e vibração de moléculas diatômicas, moléculas poliatômicas, colisões, definição de seção de choque, aproximação de Born, colisões elétron-átomo e ion-átomo, perda de energia de ions na matéria). Realiza trabalhos envolvendo os métodos Hartre-Fock e Dirac-Fock melhorados (com desenvolvimento de bases Gaussianas), que são usados para cálculos não-relativísticos e relativísticos de propriedades de átomos e moléculas.

  • A Linha de Pesquisa em Interações Fundamentais engloba as seguintes áreas, em ordem alfabética: astrofísica extragalática, cosmologia, física matemática, física de partículas, gravitação clássica e quântica e teorias clássica e quântica de campos.

    A Linha de Pesquisa em Interações Fundamentais é predominantemente teórica, e faz uso de resultados recentes de grandes experimentos, sejam os de altas energias ou de grandes escalas (astrofísica e cosmologia). Mais recentemente tem se integrado também a grandes experimentos, em particular o J-PAS.

    A pesquisa envolve domínio de vários aspectos de métodos matemáticos e métodos computacionais, sejam numéricos ou simbólicos, além de envolver diversos colaboradores externos.

  • Desenvolvimento de cerâmicas avançadas tais como: supercondutoras, fotovoltaicas e magnéticas caracterizando-as através de experimentos magnéticos, óticos e em altas pressões. Estudos tensoriais sobre materiais ortotrópicos. Teoria de campos aplicada à supercondutividade, envolvendo quebra de simetria de Lorentz e o mecanismo de Higgs.

  • Nesta linha de pesquisa são investigadas propriedades estruturais, eletrônicas, magnéticas e de transportes de materiais massivos ou nanoestruturados, utilizando métodos teóricos/computacionais e técnicas experimentais que permitem um entendimento sobre as interações eletromagnéticas entre os átomos e suas vizinhanças.
    É uma linha em que se busca o desenvolvimento de novos materiais (metálicos, cerâmicos, materiais de carbono e materiais híbridos), o aprofundamento da compreensão sobre suas características físico-químicas e a avaliação de seu potencial para aplicações tecnológicas. Novos materiais massivos ou nanoestruturados são obtidos por técnicas de deposição de filmes, métodos químicos de via úmida e métodos de processamento térmico/mecânico.
    Técnicas espectroscópicas com caráter local (como Espectroscopia Mössbauer, Ressonância Magnética Nuclear e Espalhamento Raman), medidas de propriedades físicas em um amplo intervalo de temperatura (2-1000 K) e/ou com aplicação de campos magnéticos (até 9 T) e técnicas de microscopia (como Microscopia Eletrônica de Varredura e Microscopia de Força Atômica) são empregadas para caracterização experimental das propriedades dos novos materiais desenvolvidos. Do ponto de vista teórico/computacional, cálculos de propriedades físicas e de modelagem estrutural são realizados por métodos baseados na Teoria do Funcional da Densidade ou em Dinâmica Molecular.
    Avanços recentes têm sido obtidos nas áreas de filmes finos, compostos intermetálicos nanoestruturados, nanopartículas magnéticas, materiais nanoporosos, grafeno e materiais relacionados, dentre outros.

PROCESSO SELETIVO MESTRADO E DOUTORADO 2017/2
Resultado

O Programa de Pós-Graduação em Física (PPGFis) está localizado no Centro de Ciências Exatas da Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil, e visa qualificar profissionais para o exercício da pesquisa em Física de nível internacional, proporcionar formação adequada para futuros docentes em universidades e formar recursos humanos para trabalhar nos setores tecnológico e industrial.

O PPGFis possui colaborações com diversas instituições e pesquisadores nacionais e internacionais, além de convênios com empresas através de seus docentes permanentes ou colaboradores, concentrando suas pesquisas em quatro linhas: Física Aplicada, Física Atômica e Molecular, Física da Matéria Condensada e Física das Interações Fundamentais.

O programa tem sua sede em Vitória-ES, oferecendo o curso de Mestrado em Física desde 1992 e o curso de Doutorado em Física desde 2003 e mantém um perfil de qualificação acadêmica atestado pela CAPES, tendo recebido conceito 4 na última avaliação.

O programa já formou 105 mestres e 59 doutores e conta com 70 alunos regularmente matriculados, sendo 22 no mestrado e 48 no doutorado.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910