13/06/2013 - 17:42 - Vazamento das avaliações docentes do ColFis

Alunos do curso de Física, 



Desde que assumi o Colegiado de Física (ColFis), em julho/2012, trabalho incansavelmente para proporcionar aos alunos as melhores condições possíveis para que possam desenvolver seus estudos. Isso significa criar um ambiente de tranquilidade, informação, transparência e de regras claras e iguais para todos. Também sou defensor ferrenho da melhoria da qualidade de ensino em nosso curso e, quanto a isso, todos nós, professores e alunos, têm uma quota de responsabilidade. Os alunos têm o dever de estudar com afinco, cumprir suas tarefas curriculares e exigir que seus professores trabalhem corretamente. Os professores, por sua vez, têm o dever de preparar e ministrar suas aulas com a maior qualidade possível, proporcionando aos alunos uma experiência positiva em termos de aprendizado e de valorização de seu futuro profissional. 



Dentre as muitas ações que planejei neste semestre para que o nosso ensino desse um salto qualitativo, a avaliação docente (AD) tinha papel central. Sabemos que a grande maioria dos professores que ministram disciplinas para o curso de Física desenvolvem suas atividades docentes com competência, respeito aos alunos e dentro dos limites aceitáveis que a ética profissional exige. Há, no entanto, (e sempre houve) alguns professores que não seguem esse padrão e sistematicamente vêm causando prejuízos à formação profissional de vocês. É perfeitamente compreensível que os alunos tenham receio de denunciar os abusos deste ou daquele professor por temer represálias. Sendo assim, na condição de coordenador do ColFis e responsável por zelar pela qualidade do ensino praticado no curso de Física, tomei a iniciativa de criar um programa de AD. Este teria a função dupla de detectar as situações em que professores não cumprem minimamente os deveres relativos à função docente e, paralelamente, proporcionar reconhecimento ao trabalho dos professores que se destacam positivamente em sala de aula. 



No final do período letivo de 2012/2, apliquei pela primeira vez o formulário eletrônico de AD. Foi um teste-piloto que permitiria verificar a viabilidade técnica do procedimento, a participação dos alunos e a reação geral dos professores. Em termos de resultados, tivemos 55 alunos, que avaliaram 43 professores, perfazendo um total de 142 avaliações. Embora este total represente apenas cerca de 15% do total de avaliações que poderiam ser feitas, considerei o resultado positivo por conta da eficácia do uso do formulário eletrônico. 



Apesar de a AD ter sido realizada no final do mês passado, só pude começar a processar o resultado da mesma na semana passada (04/06/2013). Logo percebi que a separação manual das avaliações, professor por professor, estava sujeita a muitos erros, além de ser penosa. Como sou programador, decidi por criar uma rotina em VBA (Visual Basic for Applications), por detrás da planilha Excel, para automatizar todo o processamento da AD. No final da tarde da quarta-feira (05/06/2013), conclui rotina, conferi exaustivamente os resultados produzidos e deixei tudo pronto para enviar as mensagens antes de ir embora. 



Na manhã seguinte, executei novamente a rotina, criando assim os arquivos individuais com a avaliação dos professores, e comecei a enviá-los, seguindo a ordem alfabética. Ao chegar à letra J, percebi algo de errado na planilha do Prof. Jxxx. Além da planilha contendo sua própria avaliação, havia outras planilhas, lado a lado, com o conteúdo total da AD e as avaliações individuais dos professores cujas planilhas já haviam sido enviadas por email. 



Não preciso relatar a vocês o desespero que tomou conta de mim ao perceber o erro que havia cometido. Pelo que averiguei, houve um erro de salvamento entre o Excel e o editor de VBA, que não posso afirmar com segurança que não foi gerado por mim mesmo. O fato é que a última etapa da programação, feita no dia anterior e que eliminou os últimos bugs da rotina, não foi salva (Não preciso repetir que eu havia feito uma verificação minuciosa de todos os arquivos gerados). Isso fez com que a penúltima versão da rotina, ainda com o erro descrito acima (que causou toda esta situação) tenha sido executada. 



Após conseguir me acalmar (cerca de meia hora depois do envio ao Prof. Jxxx), escrevi mensagem aos 11 professores que receberam as avaliações com erro e pedi encarecidamente para que eles a apagassem de seus computadores, dado o erro cometido. Apesar da compreensão demonstrada por muitos deles, que atenderam prontamente ao meu pedido, houve dois professores (do Departamento de Física) que se decidiram por solicitar a abertura de um processo disciplinar contra mim. Até aí não vi nada de mais, uma vez que essas coisas já estão se tornando rotina no DFIS (infelizmente). 



O que eu nunca poderia imaginar é que alguém, certamente um professor, pudesse ter a insensatez de fazer cópias da planilha original contento todos os dados da AD, inclusive o nome dos alunos avaliadores, e espalhá-las pelos corredores e banheiros do CCE. Isso foi de uma baixeza moral inconcebível. 



Neste momento, estou consultando os órgãos competentes da UFES quanto aos procedimentos legais que poderão ser adotados contra o(s) autor(es) desse ato grotesco. Também estou conversando com alguns professores e alunos sobre o futuro da AD que, convenhamos, respira neste momento às custas de aparelhos no CTI do ColFis. 



Para finalizar esta mensagem, gostaria de humildemente me desculpar a todos os alunos pela quebra da confiança em mim depositada. Podem ficar certos de que minha intenção foi a melhor possível e que poderia trazer benefícios reais ao nosso curso. Mas, como dizem, de bem intencionados o inferno está cheio. Ainda assim, acrescento a seguinte reflexão: Só erra quem tenta fazer algo e só faz algo quem não tem medo de errar. Os observadores dos que trabalham, que ficam confortavelmente acomodados em seus sofás macios, jamais cometerão um erro sequer. 





Prof. Anderson Coser Gaudio 

Coordenador do Colegiado de Curso de Física

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910